terça-feira, 22 de novembro de 2011

Dia do não fumador

No passado dia 17 de novembro, teve lugar mais uma comemoração do Dia do Não Fumador, na biblioteca escolar da Escola Básica Integrada de Santa Cruz da Trapa, dinamizada pela equipa da BE/CRE e pela equipa PES.

A biblioteca foi decorada com cartazes e panfletos alusivos ao tema.

Durante o dia, os alunos da escola sede visitaram a biblioteca, onde assistiram à projeção de power-points e realizaram questionários sobre esta temática. No átrio principal da escola deixaram mensagens alusivas aos malefícios do tabaco.

Com esta atividade, a equipa da BE/CRE pretendeu chamar, mais uma vez, a atenção das crianças e jovens para a necessidade de uma vida saudável, sem tabaco.

domingo, 20 de novembro de 2011

Comemoração do Dia de São Martinho

No passado dia 11 de novembro, teve lugar mais uma comemoração do São Martinho na biblioteca escolar da Escola Básica Integrada de Santa Cruz da Trapa, dinamizada pela equipa da BE/CRE.

A biblioteca foi decorada a preceito para a ocasião, não faltando as tradicionais castanhas.

Foram convidadas todas as turmas do Agrupamento a participarem nas atividades apresentadas pela equipa da BE/CRE. Assim, os alunos do 1º ciclo da escola sede ouviram um conto de Maria Luísa Ducla Soares, assistiram à projeção de um power-point sobre a lenda de São Martinho e realizaram fichas de atividades (cronogramas, completar provérbios e colorir gravuras) alusivas ao São Martinho.

Durante todo o dia, a biblioteca foi visitada pelos outros alunos da escola que participaram entusiasticamente nas atividades.

Ainda no âmbito desta comemoração, a biblioteca escolar promoveu um concurso de “Quadras de São Martinho”, com o intuito de preservar as tradições populares, estimular o gosto pela escrita/leitura e promover a sã convivência entre todos os membros da comunidade escolar. Esta atividade teve uma grande adesão e depois de uma difícil escolha, foram selecionadas as seguintes quadras vencedoras:

1ºCiclo

São Martinho está a chegar
e as castanhas por assar.
São Martinho venha cá
Comer, saltar e brincar.

(Daniela Gomes Duarte - EB1 de Manhouce – 4ºano)

São Martinho a chegar
Castanhas a saltar
Magustos no ar
Festa rija sem parar!

(Maria Francisca Pinto Cabral - EBI Santa Cruz da Trapa – 4ºano)

3ºCiclo
No dia de São Martinho
Gosto muito de cantar
E à volta da fogueira
As castanhas assar.

(Joana Almeida – 7ºB)

São Martinho é generoso,
meia capa dispensou.
Com um ato tão bondoso,
o Sol logo brilhou.

(Ana Sofia Rodrigues – 9ºB)

Professores/Assistentes Operacionais

Castanha, castanhinha,
tão gorda e redondinha!
No ouriço a espreitar,
Põe-te à porta, para eu não me picar!

(Professora Ana Paula Oliveira)

S. Martinho Soldado Guerreiro,
Tornaste-te um santo!
Neste dia especial,
Convido-te para meu padroeiro!

(Maria Fátima Fernandes, Manhouce)

PARABÉNS A TODOS OS PARTICIPANTES!
A EQUIPA DA BE/CRE

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

quinta-feira, 10 de novembro de 2011



Dia de São Martinho



Comemora-se, no dia 11 de novembro, o Dia de São Martinho. A Biblioteca Escolar não deixa passar em claro esta oportunidade para te propor algumas atividades.


CONCURSO DE QUADRAS

É um concurso destinado a toda a comunidade educativa. 
Pode consultar o regulamento AQUI.




HORA DO CONTO




Durante o dia 11 de novembro, a equipa da BE proporciona aos alunos do 1.º e 2.º ciclo a oportunidade de  conhecer melhor a Lenda de São Martinho.




ADIVINHAS E PROVÉRBIOS


Durante o dia 11, podes encontrar diversas atividades (adivinhas, provérbios, etc.) relacionadas com o São Martinho. A BE desafia os alunos para virem participar nestas atividades.


Para descobrires mais sobre o São Martinho, consulta: http://smartinho.blogspot.com/

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Apresentação do livro «1001 Cores» na Biblioteca do Agrupamento de Escolas Santa Cruz da Trapa

No dia 12 de dezembro, irá decorrer na Biblioteca da Escola a apresentação do livro “1001 Cores”, escrito por Marta Guerreiro, com apenas 16 anos (15 aquando da escrita), se lançou no desafio de descrever fatos reais da sua vida.
Em “1001 cores”, Marta Guerreiro conta a sua experiência quando aos nove anos viu nascer uma irmã com 98% de paralisia cerebral.

Sinopse:
A sinopse do livro é da própria autora e a cerca do livro diz que: “Por entre montanhas e onde a monotonia é a principal companhia diária, surge uma oportunidade única de poder regressar no tempo. Margarida, uma menina de 15 anos, perde-se entre mitos e histórias de antepassados numa floresta perto de Castro-Daire".
Baseado em factos reais, a protagonista da história conta-nos uma das mais importantes e especiais experiências de vida dela, ter uma irmã com 98% de paralisia. Terá que optar por caminhos, caminhos esses que a farão escolher entre impedir um nascimento de tal gravidade, ou percorrer todo o percurso que tinha feito até ali, mesmo que esse fosse talvez, o mais doloroso.

Excertos do livro:
“A minha cabeça começou a ficar pesada, mais e mais pesada. Tive um flashback dos momentos mais significantes que tinha vivido, desde sempre. Tentei segurar-me a uma cadeira, mas o meu corpo ultrapassava qualquer objecto e ninguém reparava em mim. Cai, a última coisa que me lembro ter visto foi o meu pai e o meu irmão, a sorrirem-me, por trás dos vidros baços, da pequena sala dos cuidados intensivos.”
“As paredes eram sujas. Sujas de desgosto e memorias que todos tentam esquecer, estas paredes. Os cuidados intensivos e intermédios eram sítios de muita dor, no entanto, podiam trazer tanta felicidade quanto cabe num coração. Corri, sem que ninguém me dissesse onde eu deveria ir, ou em que sitio contornar. Olhava pelas janelas, e via a vida a correr ao meu lado, ao lado do meu reflexo.”

“ A minha irmã nasceu com paralisia cerebral e eu com o livro não pretendo de forma alguma a sensação de pena. Antes pelo contrário eu quero mostrar que na diferença também há aceitação. Para a revolta também há maneiras de nos expressarmos de forma mais positiva.”

Ouça aqui os comentários de Marta Guerreiro, na apresentação do livro na FNAC em Viseu, no dia 9 de outubro de 2011.

sábado, 5 de novembro de 2011

Halloween

No passado dia 31 de outubro, teve lugar mais uma comemoração do Halloween, na biblioteca escolar da Escola Básica de Santa Cruz da Trapa, dinamizada pela equipa da BE/CRE.
A biblioteca foi decorada a preceito para a ocasião, não faltando as tradicionais abóboras e as “assustadoras” bruxas.
Durante todo o dia, os alunos visitaram a biblioteca onde puderam ver uma exposição temática com livros e DVDs alusivos ao dia. Também assistiram a uma sessão de cinema, com a projeção de um filme verdadeiramente “assustador” e realizaram fichas de atividades.
Neste dia, a biblioteca foi “invadida” por duas simpáticas bruxinhas, as alunas Joana Soares, do curso CEF e Irene Oliveira do 7ºC que, na Hora do Conto, fizeram as delícias dos nossos alunos mais novos, contando histórias onde a fantasia e a imaginação dominavam.


Os alunos participaram, de uma forma espontânea e interessada, em todas as atividades propostas, tendo sido um dia muito divertido mas “aterrador”.