segunda-feira, 22 de dezembro de 2014


A Equipa da Biblioteca Escolar deseja a todos um Feliz Natal e... Boas Leituras!

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Montra de livros sobre o Natal 

Para comemorar o Natal, a Biblioteca realizou uma montra de livros alusivos à temática.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Encontro com a escritora Conceição Dinis Tomé

     Os alunos do 2º e 3º Ciclos do nosso agrupamento participaram, no dia 12 de dezembro, num encontro com a escritora Conceição Dinis Tomé, que veio apresentar o seu mais recente livro O Caderno do Avô Heinrich, galardoado com o Prémio Literário Maria Rosa Colaço - literatura juvenil 2012.
     O encontro foi precedido de um trabalho preparatório, feira do livro da autora, publicação de um boletim dedicado à escritora, contou ainda com a colaboração dos professores de História, Português e E.M.R.C.,  na dinamização de atividades, em contexto de sala de aula.
     Nas duas sessões realizadas com os alunos do 2º e 3ºciclos, a escritora começou por explicar, de forma cativante, o que a motivou a escrever O Caderno do Avô Heinrich e como a temática a inspirou a agir. Seguidamente, através de uma apresentação multimédia, deu ênfase a diversas situações retratadas no seu livro, ilustrando-as com fotografias da época.
     Criou-se uma interessante interação entre a autora e os alunos, que lhe colocaram diversas questões sobre a história dos dois amigos, Heinrich e Jósef que, apesar de tudo o que sofreram por causa de Adolf Hitler, conseguiram manter uma amizade que ficou para a vida.
     A autora mostrou como o amor pelos livros, pela leitura e a capacidade humana de criar e apreciar a beleza são importantes para promover a paz.
     No final, a escritora autografou os seus livros.
     O nosso bem-haja à Doutora Conceição Dinis Tomé, pelo surpreendente momento a todos proporcionado!

            Algumas fotos que retratam esta atividade e o envolvimento dos alunos na mesma.

domingo, 14 de dezembro de 2014

Partilha de Leituras


Natal foi o mote das atividades dinamizadas em dezembro na Biblioteca. Assim, procurando incentivar a leitura e apelar ao espírito natalício a Biblioteca dinamizou várias atividades, que envolveram muitos alunos, professores e encarregados de educação.


sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Feira do Livro

     A Equipa da Biblioteca Escolar promoveu de 9 a 16 de dezembro de 2014, a Feira do Livro, uma atividade destinada a todos os Alunos, Professores, Assistentes Operacionais, Encarregados de Educação e Comunidade.
     A Feira do Livro teve lugar na Biblioteca da Escola Sede e no Polo Pedagógico de Carvalhais.  
     No dia 12 de dezembro, com o objetivo de criar uma maior proximidade com a leitura, teve lugar no auditório, uma conferência para a apresentação do livro O Caderno do Avô Heinrich, que contou com a presença da autora do livro, Conceição Dinis Tomé, para os alunos do 2º e 3º Ciclos.    Para os alunos do 1ºciclo, pré-escolar e 5º ano, haverá um Encontro com a Escritora Luísa Ducla Soares, no dia 29 de janeiro. Assim, estiveram à venda os livros das escritoras acima referidas.
     Houve ainda, várias atividades dinamizadas pela Equipa da Biblioteca, Encarregados de Educação e pelo Clube de Teatro, para todos os alunos do Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa. 



quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Sessão de Cinema - Especial Natal

Looney Tunes e o Espírito de Natal 


Um Conto de Natal - Desenhos animados

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Leitura de textos de Natal

A Biblioteca Escolar solicita a colaboração dos Pais/ Encarregados de Educação para dinamizarem uma atividade de leitura de textos de Natal. 

A atividade decorrerá nos dias 11 e 12 de dezembro (13h30 às 14h00), na biblioteca escolar.

Contamos com a participação de todos!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Feira do Livro na Biblioteca Escolar de Santa Cruz da Trapa

         O Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa, mais concretamente a Equipa da Biblioteca Escolar, vai organizar mais uma Feira do Livro. Decorrerá na semana de 9 a 16 de dezembro, na própria Biblioteca, procurando dar consecução a objetivos do Plano Nacional de Leitura (PNL), nomeadamente, promover o gosto pelo livro e fomentar hábitos de leitura.   Esta atividade é dinamizada pela Equipa da Biblioteca. Os livros são fornecidos pela Livraria Lamegarte e vão poder ser adquiridos por um preço mais baixo do que o preço de capa.
            Além de publicações de apoio ao currículo, como por exemplo dicionários, gramáticas, livros de atividades, enciclopédias, livros científicos e informação cultural, vai estar patente um grande número de obras de literatura nacional e estrangeira, para todas as idades.
            A atividade está vocacionada para toda a comunidade educativa, que será muito bem-vinda à Biblioteca Escolar e já foram enviados convites aos Pais / Encarregados de Educação. 





sábado, 6 de dezembro de 2014

CONVITE - Feira do Livro

Biblioteca está em festa! 

Irá decorrer a Feira do Livro… 

Visite-nos, contacte com as novidades editoriais e aproveite os descontos para fazer compras de Natal!



quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Comemoração do 1º de dezembro

No dia 1 de dezembro comemorou-se a Restauração da Independência de Portugal. O Grupo de História e a Equipa da Biblioteca assinalaram esta a data com uma palestra, uma exposição de trabalhos dos alunos dos 6º e 8º anos, dinamizada pelos professores Rosa Areu e João Bandeira e um painel expositivo alusivo a esta temática. Os alunos tiveram oportunidade de conhecer os livros existentes na biblioteca, relacionados com este tema. A comunicação foi efetuada pela Dra. Leonor Côrte -Real, que alertou para a importância de reforçar conhecimentos sobre os principais eventos históricos de Portugal, desenvolver os valores cívicos da Liberdade e da Independência e consolidar competências, ao nível do saber e do ser. Os alunos e professores referiram a pertinência dos conteúdos abordados e ficaram encantados com a sua espontaneidade, expressividade e facilidade de comunicação.


O nosso bem-haja à Dra. Leonor Côrte-Real pelo surpreendente momento a todos proporcionado!

Algumas fotos que retratam esta atividade e o envolvimento dos alunos na mesma.









quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Dia Mundial da Luta Contra a Sida

Iniciou-se o mês de dezembro com a comemoração da Restauração da Independência de Portugal e do Dia Mundial da Luta Contra a Sida.
Assim, esteve exposta na Biblioteca Escolar uma resenha histórica sobre a Restauração da Independência de Portugal. 
Relativamente ao Dia Mundial da Luta Contra a Sida, foi igualmente exposta informação sobre a doença, nomeadamente sobre o seu surgimento, características da doença, meios de transmissão e formas de evitar o seu contágio. De um modo geral, os alunos demonstraram estar informados acerca da mesma.









terça-feira, 2 de dezembro de 2014

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Conceição Dinis Tomé
Escritora do mês de novembro / dezembro


Encontro com a escritora no dia 12 de dezembro, para todos os alunos do 2º e 3º ciclos, em articulação com os docentes de Português, História e Educação Moral e Religiosa Católica.


*****

Maria da Conceição Dinis Tomé, com o original O caderno do avô Heinrich, foi a autora premiada na edição 2012. A decisão do júri foi tomada por unanimidade.
“Escrito com profunda sensibilidade, é um testemunho tocante e edificante do valor da amizade e da solidariedade, no terrível cenário do Holocausto. Contudo, é também uma maravilhosa história de amor pelos livros e pela leitura, contada por um avô que ficará certamente na memória”. É desta forma que Maria Teresa Gonzalez, porta-voz do júri do Prémio Literário Maria Rosa Colaço 2012, descreve a obra vencedora.

*****


Biografia:  Maria da Conceição Dinis Alves Ferreira Tomé é professora na Escola Básica 2, 3 D. Luís de Loureiro, em Viseu.

E autora dos contos infantis A Lua e o Pirilampo (Editora Labirinto 2003) e História do rapaz que se tornou fazedor de estrelas  (obra vencedora do Concurso de Literatura Infantojuvenil – Prémio Centro Cultural do Alto Minho, em 2009).
Em 2004, a autora colaborou na antologia Histórias para um Natal, com o conto Manhã de Natal.
É investigadora do Centro de Estudos das Migrações e das Relações Interculturais (Universidade Aberta) e está a concluir o Doutoramento em Estudos Portugueses com uma tese sobre a representação do “outro” na literatura juvenil portuguesa contemporânea.



Sinopse: Heinrich e Jósef conheceram-se na Polónia. Heinrich tinha chegado há pouco tempo da Alemanha, porque o pai não queria que o filho crescesse num país onde então dominavam o ódio, o preconceito, o abuso do poder e todas as formas de fanatismo. Naquele tempo, o homem que tinha subido ao poder resolveu dominar o mundo e perseguir todos aqueles que considerava serem de raças inferiores como os judeus ou os ciganos, e também todas as pessoas que lhe opusessem resistência. Esse homem chamava- se Adolf Hitler. Esta história, escrita com grande sensibilidade, conta-nos como Heinrich, e o seu amigo judeu, Jósef, apesar de tudo o que sofreram, conseguiram manter uma amizade que ficou para a vida. A autora mostra-nos ainda como o amor pelos livros e pela leitura, e a capacidade humana de criar beleza são importantes para promover a paz entre os povos.



Podes visualizar neste endereço uma entrevista com a autora:


Outros títulos da autora:
A Lua e o Pirilampo  (Editora Labirinto 2003)
História do rapaz que se tornou fazedor de estrelas  (obra vencedora do Concurso de Literatura Infanto-juvenil)
Em 2004, o conto Manhã de Natal, na antologia Histórias para um Natal.

domingo, 30 de novembro de 2014



Revolução do 1º de dezembro de 1640
1 de dezembro de 1640
Fim da União Ibérica
Restauração da Independência de Portugal
Início da Dinastia de Bragança




1 de dezembro - 
Dia da Restauração da Independência de Portugal


Pela segunda vez, o dia da Restauração da Independência não é feriado nacional.
Até 2012, o dia da Restauração da Independência, 1 de dezembro foi feriado nacional. No entanto, a partir de 2013 e como parte de um pacote de medidas que visa aumentar a produtividade, o governo português decidiu eliminar o feriado de 1 de dezembro. A comemoração da Restauração da Independência já não será comemorada com um feriado pelo menos até 2017.

1 de dezembro de 1640
Esta data relembra a ação de nobres portugueses, que a 1 de dezembro de 1640, invadiram o Paço Real e aclamaram D. João, duque de Bragança, como rei de Portugal.
A Restauração da Independência foi o culminar de um período de grande descontentamento por parte da população portuguesa que não estava satisfeita com a união ibérica, entre Portugal e Espanha. A união ibérica originou problemas à população portuguesa, com sobrecarga de impostos e envolvimento de Portugal nos conflitos de Espanha.
Com a morte do jovem D. Sebastião na batalha de Alcácer-Quibir, Portugal enfrentou um problema de sucessão. Após o insucesso do Cardeal D. Henrique no comando da monarquia, Portugal foi regido por D.Filipe II, rei de Espanha, durante 60 anos, período que ficou conhecido por Domínio Filipino.

Por que motivo se comemora esta data?
Foi neste dia de 1640 que Portugal voltou a ser um país independente. Se hoje, somos portugueses e não espanhóis, deve-se à coragem de um grupo de pessoas a quem chamaram Os Quarenta Conjurados que resolveu revoltar-se contra o domínio do rei de Espanha que tinha transformado o nosso território numa província espanhola.

Como é que Portugal tinha deixado de ser um país independente?
Rei D. Sebastião


Rei D. Henrique (Cardeal D. Henrique)


Quando o jovem rei D. Sebastião desapareceu na batalha de Alcácer-Quibir em 1578, sucedeu-lhe o Cardeal D. Henrique que não tinha herdeiros. Após o falecimento deste Cardeal em 1580, Filipe II de Espanha é aclamado rei nas Cortes de Tomar em 1581, dado que era ele que estava mais próximo de herdar a coroa portuguesa por ser neto do rei D. Manuel I. Começa assim o domínio filipino.

O que é o domínio filipino?

Rei D. Filipe I (espanhol)

É o período em que Portugal é governado por três reis espanhóis, todos eles de nome Filipe: Filipe I, Filipe II e Filipe III. Este período decorre entre 1581 e 1640.

O que motivou a população a revoltar-se no dia 1 de dezembro de 1640?
A nossa população estava a empobrecer devido à pressão espanhola sobre o nosso país, a saber:
- Tínhamos deixado de receber os lucros do comércio com outros continentes e países europeus;
- Eram prejudicados os burgueses;
- Os cargos mais importantes no nosso território eram para os espanhóis – eram prejudicados os nobres e o clero;

Rei D. Filipe III (espanhol)

-Toda a população tinha que pagar impostos elevados – todos eram prejudicados, até o povo.

Outras causas que contribuíram para a revolta
- Espanha tinha-se tornado num país muito forte e  com demasiados inimigos, que passaram a considerar o nosso território também como inimigo, a ponto de nos envolvermos em guerras que não eram nossas.
- Outras províncias espanholas pretendiam ser independentes. A mais importante de todas era a Catalunha que fez guerra a Filipe III que, assim, deixou de ter possibilidade de fazer guerra também a Portugal.

Palácio onde se realizou a última reunião

Como foi restaurada a independência no dia 1 de dezembro de 1640?
Em 1640, o rei de Espanha está envolvido na Guerra dos 30 anos e se não tinha forças para  enfrentar a guerra contra a Catalunha, muito menos conseguiria fazer guerra a Portugal.
Aproveitando esta situação, um grupo de nobres decide que o Duque de Bragança é quem merece ser rei de Portugal e resolve fazer reuniões para organizar uma revolta.

Miguel de Vasconcelos é atirado à rua

Assim, no dia 1 de dezembro, por volta das 07:00 horas, um grupo de nobres, os Quarenta Conjurados, invade o palácio real e mata o secretário de estado Miguel de Vasconcelos. A Duquesa de Mântua, que tinha o cargo de Vice-Rainha, é obrigada a ordenar a rendição das forças fiéis ao rei de Espanha.
Por volta das 10:00 horas,  todo o povo de Lisboa adere à revolução e fica a saber que o Duque de Bragança já é rei de Portugal e terá o nome D. João IV.

Todo o país se une à revolução e festeja a RESTAURAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA DE PORTUGAL.

Coroação de D. João IV

D. João IV





Recordamos-te que, na página do nosso blogue,  podes encontrar livros digitais sobre vários Reis de Portugal.


Para melhor conhecer a história do rei que permitiu que o nosso país se libertasse da dinastia dos Filipes, ler o livro virtual – “D João IV, O Restaurador”







O poema que novos e velhos declamavam ao clarear do dia 1.º de Dezembro.


Salvé o 1º de dezembro de 1640!

Eu gosto de recordar
O dia que ao despontar
Já vi livre a Pátria minha.
Esta Pátria tão ditosa, tão linda e 'valerosa'
Das outras Pátrias, Rainha!

Portugueses, celebremos
O Dia da Restauração
Em que valentes guerreiros
Nos deram livre a Nação.
A Fé nos Campos de Ourique,
coragem, fé e valor.
Os famosos 'de Quarenta' 
Que lutaram com ardor!



quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Dia de São Martinho



            No dia 11 de novembro, teve lugar mais uma comemoração do São Martinho, na biblioteca, como já vem sendo tradição. O espaço foi decorado a preceito, com uma exposição alusiva a esta festividade. Durante o dia, os alunos puderam ver diversos “PowerPoint’s” sobre a lenda de São Martinho e outras histórias. Os “mais pequeninos” pintaram desenhos alusivos a este tema.
            No S. Martinho, arranja um grupinho e lê um livrinho. Podia ser assim, devia ser assim. Na Biblioteca do nosso agrupamento tudo fazemos para que a leitura chegue a todos. Entrámos no espírito do Outono, trouxemos as folhas que caem das árvores lá fora, para nos compensar dos dias de chuva em que temos que ficar portas adentro.
            Veio o S. Martinho, mas este ano não se deu o milagre, o verão não veio com ele. Ao abrigo da capa da biblioteca, fomo-nos mantendo aquecidos pelas atividades: quadras, palavras cruzadas, sopas de letras e outras charadas.
            Aqui nunca falta o que fazer. Além das dezenas de livros disponíveis, houve o concurso de quadras de S. Martinho, o reconto da sua lenda, a recolha de provérbios, os desenhos para pintar e tantas fichas para descobrir.

            A equipa da Biblioteca agradece a participação de todos os alunos.









quarta-feira, 5 de novembro de 2014


      No intuito de fomentar o gosto pela escrita, pela leitura e mais concretamente pela poesia, pretende a Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa, levar a efeito o “Concurso de Quadras de S. Martinho”, alusivas ao dia de S. Martinho. 

REGULAMENTO 
Concurso de Quadras de São Martinho

1.A biblioteca escolar lança o Concurso de quadras de S. Martinho, que tem como objetivos estimular a criatividade e a imaginação, o gosto pela escrita, nomeadamente de poesia, no caso particular, a poesia de cariz popular.

2.São objetivos deste concurso:
•Estimular a criatividade e o imaginário infantil;
•Incentivar o desenvolvimento de competências relacionadas com a escrita, nomeadamente de poesia;
•Preservar as tradições populares.

3.Neste concurso podem participar todos os alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa.

4.Os trabalhos devem ser individuais e de autoria dos alunos.

5.Os trabalhos deverão subordinar-se ao tema: S. Martinho (magusto, castanhas, vinho, partilha, etc.).

6.Cada concorrente poderá apresentar entre 3 a 4 quadras, em suporte papel, datilografadas. As quadras deverão ser originais e inéditas.

7.O concorrente poderá incluir no seu trabalho, uma ilustração alusiva às quadras a concurso.

8.Todos os trabalhos a apresentar deverão ser entregues num envelope. No interior do envelope, para além das quadras a concurso, deverá estar outro documento em papel A4, com a identificação do aluno, do estabelecimento de ensino, identificação do ano, turma e número do aluno.

9.Os trabalhos a concurso deverão ser entregues, presencialmente, até ao dia 11 de novembro de 2014, na Biblioteca Escolar, durante o horário de funcionamento, das 09h00m às 17h30m.

10.Os trabalhos serão apreciados por um júri composto pelos elementos da equipa da Biblioteca Escolar da Escola Sede.

11.O júri baseia a sua avaliação nos critérios de: organização, coerência das quadras, criatividade, originalidade e competências de expressão artística no tratamento do tema proposto.

12.Ao júri reserva-se o direito de excluir da competição os trabalhos que revelem a intervenção de terceiros na sua execução.

13.Serão atribuídos prémios aos três primeiros classificados de cada categoria.

14.Para efeitos de classificação serão atribuídas as seguintes categorias:
      1ª Categoria que englobará o 1º Ciclo do Ensino Básico;
      2ª Categoria que englobará o 2º Ciclo do Ensino Básico;
      3ª Categoria que englobará o 3º Ciclo do Ensino Básico.

15.Os prémios serão entregues aos vencedores em material pedagógico-didático. 

16.Os vencedores serão anunciados oportunamente, no blogue da Biblioteca Escolar.

17.Os trabalhos que não estejam de acordo com as normas deste regulamento serão excluídos.

18.Ao júri reserva-se o direito de não selecionar um vencedor, na eventual falta de qualidade dos trabalhos.

19.As decisões do júri não serão passíveis de recurso.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

HALLOWEEN na BIBLIOTECA ESCOLAR

No dia 31 de outubro, comemorou-se o Dia das Bruxas ou Halloween, na Biblioteca Escolar. Antecipadamente, a equipa da BE reinventou o espaço de exposições, transformando-o numa alusão à data. Histórias de bruxas, abóboras, gatos pretos, morcegos e fantasmas invadiram os placards e mostraram que esta tradição inglesa e americana já chegou até nós.
O esqueleto da arrecadação das ciências ganhou vida, vestiu-se a rigor e, juntamente com uma bruxa e a sua vassoura, animaram o cantinho das teias de aranha.
Ao logo do dia, houve filmes, jogos de palavras, pinturas e histórias.
A encarregada de educação das alunas Olívia do 5ºA e Rita do 7ºB, caraterizou alguns alunos, desenhando-lhes figuras no rosto e contou histórias alusivas ao tema, a alunos de todas as idades.
A professora Isabel Ribau, participou na hora do conto com a turma do 9ºA, a qual integrou um diálogo com um nativo de língua inglesa, apresentado pela contadora de histórias.
Mais tarde, a mesma professora dinamizou mais um momento para alunos do 5º ano, onde se falou sobre as tradições de Halloween, se fizeram alguns jogos e se apresentou o filme "Toy story de terror".
Um agradecimento especial e os parabéns a todos quantos partilharam a sua dedicação!




quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Dia da Biblioteca Escolar
27 de outubro 2014



segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Dia Municipal para a Igualdade
24 de outubro de 2014
  
    Desde 2010 que centenas de organizações de todo o país e autarquias locais assinalam esta data, promovendo iniciativas diversas, no âmbito da igualdade.
   Este ano, o Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa, em parceria com a Câmara Municipal de S. Pedro do Sul e a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, assinalou esta efeméride com  uma atividade da Biblioteca Escolar, em articulação com o Clube de Teatro Trapaopalco, com todos os Diretores de Turma e docentes de Educação para a Cidadania, com o objetivo de sensibilizar os alunos para uma cultura para a igualdade, reforçando o combate às desigualdades e tentando ultrapassar preconceitos.
    No auditório e com a presença de todos os alunos do 1ºciclo da escola sede e de um grupo de alunos do segundo ciclo, foi projetada a curta metragem de animação “Cordas” (Prémio Goya 2014), apresentada uma seleção de livros da biblioteca relacionados com este tema e os alunos do Clube de Teatro apresentaram uma leitura animada do texto “Meninos de todas as cores”, da escritora Luísa Ducla Soares.
    Ao longo do dia e durante a semana, nas turmas do 3º ciclo, nas aulas de Educação para a Cidadania, todos os Diretores de Turma assinalaram esta efeméride com a visualização e debate do documentário “Quem se importa?”, realizado por Mara Mourão.
    Nas restantes turmas do 1º e 2ºciclos, também nas aulas de Educação para a Cidadania, todos os docentes comemoraram o Dia Municipal para a Igualdade, com a visualização e debate da curta metragem de animação “Cordas” (Prémio Goya 2014), sensibilizando os alunos para a leitura de livros relacionados com esta temática.



segunda-feira, 20 de outubro de 2014

QUEM SE IMPORTA é um documentário longa metragem sobre empreendedores sociais no Brasil e ao redor do mundo.
Pessoas brilhantes, que criaram, cada qual, uma organização inovadora capaz de não só mudar a sociedade ao seu redor, mas também causar impacto social suficiente para que estas idéias possam virar políticas públicas aplicadas em várias partes do mundo. 
Um filme que, através de cada um de seus personagens, vasculha o mundo atrás de pessoas magníficas que oferecem simples soluções para as mais graves questões que nos afetam profundamente.
O filme conta com grandes nomes internacionais do Empreendedorismo Social como Muhammad Yunus (Nobel Paz 2009), Bill Drayton, Mary Gordon, entre outros.

Narração de RODRIGO SANTORO
Um filme de MARA MOURÃO


domingo, 19 de outubro de 2014

Dia Mundial da Alimentação
16 de outubro de 2014


   No âmbito do Dia Mundial da Alimentação, comemorado no passado dia 16 de outubro, foi feita uma exposição sobre a importância de uma alimentação saudável, assim como a apresentação de powerpoints.
  Os alunos participaram em várias atividades, tais como: passatempos, concursos, documentários, provérbios, alusivos ao tema.
 Globalmente, os alunos demonstraram interesse e curiosidade pelos trabalhos apresentados, tendo colaborado ativamente.


sábado, 18 de outubro de 2014

Hora do Conto

Horário: 6.ª feira das 13:h às 14:00h

Dinamizadora: Professora Paula Almeida

A atividade tem início dia 24 de outubro.

Inscreve-te na Biblioteca! 
PARTICIPA!

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Sessões de Leitura


Horário: 6.ª feira das 16:15h às 17:00h

Dinamizadora: Professora Isabel Almeida

A atividade tem início dia 17 de outubro.

Inscreve-te na Biblioteca! 
PARTICIPA!

terça-feira, 14 de outubro de 2014


7 Excelentes razões para ler com as crianças

  1. Ouvir ler em voz alta, ler em conjunto, conversar sobre livros desenvolve a inteligência e a imaginação;
  2. Os livros enriquecem o vocabulário e a linguagem;
  3. As imagens, informações e ideias dos livros alargam o conhecimento do mundo;
  4. Quem tem o hábito de ler conhece-se melhor a si próprio e compreende melhor os outros;
  5. Ler em conjunto é divertido, reforça o prazer do convívio;
  6. Os laços afetivos entre as crianças e os adultos que lhe leem tornam-se mais fortes;
  7. A leitura torna as crianças mais calmas, ajuda-as a ganhar autoconfiança e poder de decisão.
"Quem não lê não pensa, e quem não pensa será para sempre um servo." (Paulo Francis)


"Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro." (Henry David Thoreau) 

"A leitura não deve ser mais do que um exercício para nos obrigar a pensar. " (Edward Gibbon) 

"A leitura engrandece a alma. " (Voltaire)

 "A leitura nutre a inteligência." (Sêneca)

 "É claro que os meus filhos terão computadores, mas antes terão livros." (Bill Gates)

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Mês Internacional da Biblioteca Escolar



     Outubro é o Mês Internacional da Biblioteca Escolar. Em todo o mundo, este período é aproveitado para reforçar a visibilidade das bibliotecas escolares e a consciencialização acerca do seu valor nas aprendizagens.
     A International Association of School Librarianship (IASL) propõe, como anualmente acontece, um tema aglutinador — A tua biblioteca escolar: um mapa de ideias  (tradução adotada pela RBE).
   Ao longo do mês de outubro, levaremos a cabo algumas iniciativas que atestam a importância da biblioteca na vida da escola e na formação dos nossos alunos.
Para 2014, o Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares estabelece 27 de outubro como Dia da Biblioteca Escolar.
     A biblioteca pretende assinalar esta efeméride com eventos a decorrer ao longo do mês.



Atividades para o Dia/Mês da Biblioteca Escolar
• Hora do conto com Pais /Encarregados de Educação, Professores e alunos;
• Sessões de leitura dos principais livros infantis portugueses;
• Concurso de cartazes subordinados ao tema: “A tua biblioteca escolar: um mapa de ideias”;
• Convite aos alunos a trocarem livros entre si, partilhando os que mais gostaram de ler;
• Visualização de filmes infantis que destaquem a importância da leitura;
• Visitas guiadas à BE e formação do utilizador, para todos os alunos do 1º e 5ºanos;
• Bibliopaper, de 22 a 31 de outubro, a partir das 10 horas;
• Apresentações multimédia sobre as bibliotecas;
• Criação de frases sobre: “A importância de Ler+”;
• Concurso de frases com o tema: “A importância da Biblioteca”;
• Destaque do Leitor do Mês; 
 Celebração do DIA DA BIBLIOTECA ESCOLAR – 27 de outubro;

Está atento e participa nas atividades que vão ser dinamizadas na biblioteca escolar, ao longo do mês.

sábado, 4 de outubro de 2014

5 de outubro – Dia Mundial do Professor


Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.
Augusto Cury

O Dia Mundial do Professor celebra-se, anualmente, no dia 5 de outubro e homenageia todos os que contribuem para o ensino e educação da sociedade.
Este dia presta homenagem a todos aqueles que escolheram o ensino como forma de vida e que dedicam o seu dia-a-dia a ensinar crianças, jovens e adultos.
A data foi instituída pela UNESCO em 1994, com o objetivo de chamar atenção para o papel fundamental que os professores têm na sociedade e na instrução da população.

MENSAGENS DO DIA MUNDIAL DO PROFESSOR:

“Os professores são tão ou mais importantes do que os psiquiatras, os juízes e os generais. 
Os professores lavram os solos da inteligência dos jovens, para que eles aprendam a ser pensadores, para que eles não adoeçam e sejam tratados pelos psiquiatras, para que eles não cometam crimes e sejam julgados pelos juízes, para que eles não desencadeiem guerras e sejam comandados por generais. 
Obrigado por transformarem a escola dos pesadelos na escola dos sonhos. 
Obrigado por nos levarem a descobrir que os indivíduos frágeis usam a força e os indivíduos fortes, a inteligência, e, principalmente, obrigado por nos ensinarem a apaixonarmo-nos pela vida e pela humanidade e a ver que, mais importante do que sermos negros, brancos, ricos, miseráveis, celebridades, anónimos, religiosos e ateus, somos seres humanos que devemos valorizar a nossa própria essência e respeitar as diferenças.
Vocês mudaram as nossas mentes, e nós transformaremos o mundo.” 
Filhos brilhantes, alunos fascinantes. Augusto Cury

“Os bons professores são mestres temporários, os professores fascinantes são mestres inesquecíveis”.
“Este hábito dos professores fascinantes contribui para desenvolver: sabedoria, sensibilidade, afetividade, serenidade, amor pela vida, capacidade de falar ao coração, de influenciar pessoas.”(Augusto Cury, Pais Brilhantes, Professores Fascinantes p.74).


“Homenagem aos professores"
Em nome de todos os alunos do mundo, queremos agradecer todo o amor com que trataram até hoje a educação. Muitos de vocês passaram os melhores anos da vossa vida, alguns até adoeceram, nessa árdua tarefa. 
O sistema social não vos valoriza na proporção da vossa grandeza, mas tenham a certeza de que, sem vocês, a sociedade não tem horizonte, as nossas noites não têm estrelas, a nossa alma não tem saúde, a nossa emoção não tem alegria.
Agradecemos o vosso amor, sabedoria, lágrimas, criatividade e perspicácia, dentro e fora da sala de aula. O mundo pode não vos aplaudir, mas o conhecimento mais lúcido da ciência tem de reconhecer que vocês são os profissionais mais importantes da sociedade.” (Augusto Cury, Pais Brilhantes, Professores Fascinantes pp 168/169).

"NÃO ME CANSO DE DIZER QUE OS PROFESSORES SÃO OS PROFISSIONAIS MAIS IMPORTANTES DA SOCIEDADE" (Augusto Cury).