quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Encontro com o escritor António Mota

Encontro com o escritor António Mota

Nos dias 4 e 5 de dezembro, o escritor António Mota esteve na Escola Sede do Agrupamento de Escolas de Santa Cruz da Trapa e no Polo Pedagógico de Carvalhais, a convite da Biblioteca Escolar.              
Durante dois dias, todos os alunos do Agrupamento tiveram o privilégio de conhecer este autor. Previamente, os alunos leram várias obras do escritor e fizeram trabalhos sobre as mesmas. Havia vários tipos de trabalhos: poemas, ilustrações, resumos, recontos, entre outros, que decoraram a sala onde decorreu o encontro com o escritor.
As sessões iniciaram-se com declamações feitas pelos alunos, de poemas do autor e outros feitos por eles, a que se seguiu uma agradável conversa, onde o escritor falou acerca dos seus livros, das suas vivências e leu alguns dos seus textos
António Mota revisitou a sua infância e deu-nos a conhecer como surgiram algumas das suas mais conhecidas obras. Falou-nos também do seu próximo livro que aguardamos com alguma ansiedade.
As quatro sessões foram muito participadas pelos alunos e o escritor António Mota conseguiu, através do seu entusiasmo e da sua capacidade de comunicação, envolver os presentes e motivá-los para o prazer da leitura, da escrita e desenvolver a criatividade.
No final de cada uma das sessões, o nosso convidado autografou alguns dos seus livros e os trabalhos realizados pelos alunos.
            A autenticidade do autor, a simplicidade afetiva no contacto com o público escolar e os momentos de leitura proporcionados, permitiram aos alunos momentos intensos e enriquecedores, que ficarão certamente na memória dos pequenos leitores. O escritor conquistou as nossas crianças e jovens com a magia das palavras, proporcionando momentos culturalmente enriquecedores para todos os que assistiram a esta atividade.
Aos discentes foi dada a oportunidade de obterem respostas para as várias curiosidades em torno das obras publicadas e da forma como as escreve.
António Mota é atualmente um dos escritores mais lidos e premiados da literatura infantojuvenil, com mais de oito dezenas de livros publicados.
A sua vasta obra foi em grande parte selecionada pelo Plano Nacional de Leitura.
O evento contou com a presença da Vereadora da Cultura do Município de S. Pedro do Sul, Dra. Teresa Sobrinho, promotora também desta iniciativa e da direção do Agrupamento.
O nosso agradecimento especial ao representante da editora Gailivro, Paulo Neto, pelo trabalho de aproximação das nossas escolas aos escritores de literatura infantojuvenil.
A equipa da BE/CRE agradece a participação e empenho de todos os que contribuíram para que estes dias fossem um sucesso.
      Estas são as imagens que vão permanecer na nossa memória. 





quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Segredos - António Mota
 
Leitura para o 1º, 2º, 3º e 4º anos
 
 
Para leres o livro no teu computador, clica na imagem que se encontra abaixo.
 
Depois, clica em FOLHEAR e começa a tua leitura...

http://www.catalivros.org/portal/bo/portal.pl?pag=02n4_ficha_do_livro&janpap_id=60
António Mota nomeado para o prémio internacional ALMA de literatura para a infância

O escritor António Mota, autor de mais de 70 obras literárias, sobretudo para a infância, é o nomeado de Portugal para o prémio literário Astrid Lindgren Memorial Award (ALMA), revelou à Lusa a Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas.

"António Mota é um dos mais prolíficos escritores portugueses para a infância e juventude. O caráter da sua obra tem a singular qualidade de ser ao mesmo tempo intemporal e universal", justificou hoje o organismo à Lusa.

O prémio sueco ALMA, no valor de mais de 500 mil euros, é considerado o maior na área da literatura para a infância e juventude e da promoção da leitura.

As nomeações para a edição de 2014 só serão conhecidas no outono, mas a Direção-Geral do Livro, Arquivos e Bibliotecas (DGLAB) submeteu ao prémio a candidatura do escritor António Mota.

"Não tendo o seu trabalho, pelo menos até ao momento, sido objeto de muitas traduções, razão que pode talvez encontrar-se na sua natureza mais permanente e duradoura, discreta e sensível, como as mensagens que, independentemente dos tempos, dos contextos, queremos eternizadas ao longo de todas as gerações, ao longo de todos os crescimentos de todas as crianças, é esta mesma qualidade que defendemos como universal e rara", justificou o organismo, em relação à obra de António Mota.

António Mota nasceu em 1957 em Vilarelho, Porto, começou a dar aulas aos 18 anos e teve a estreia literária ao 22 anos, com "A aldeia das flores" (1979).

Em 1983 recebeu o Prémio da Associação Portuguesa de Escritores, com o livro "O rapaz de Louredo" e, em 1990, o Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças com "Pedro Alecrim".

A Fundação Calouste Gulbenkian voltou a distingui-lo com o mesmo prémio em 2004, na modalidade "Livro Ilustrado", com "Se eu fosse muito magrinho", com ilustração de André Letria.

António Mota tem mais de 50 livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura.

"A casa das bengalas", "Ninguém perguntou por mim", "O príncipe com cabeça de cavalo" e "Pedro Malasartes" são algumas das obras editadas por António Mota.

No ano passado, António Mota foi candidato ao Prémio Ibero-Americano SM de Literatura Infantil e Juvenil, no valor de 24.000 euros, promovido pela Fundação SM, do Brasil, com o apoio da Feria Internacional do Livro de Guadalajara.

O prémio ALMA foi criado há dez anos, em memória da escritora sueca Astrid Lindgren, e tem distinguido escritores, ilustradores e organismos que trabalham na promoção da leitura para jovens e crianças.
 
Fonte: RTP

terça-feira, 26 de novembro de 2013

António Mota (Ovil, Baião, 16 de Julho de 1957). Foi professor do ensino básico tornando-se conhecido como autor de literatura infanto-juvenil.

Escreveu em 1979 o seu primeiro livro, A Aldeia das Flores e tem atualmente dezenas de obras publicadas, inclusive algumas traduzidas em castelhano e galego. Recebeu vários prémios, dos quais se destacam o Prémio da Associação Portuguesa de Escritores (1983) para O Rapaz de Louredo, o Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens (1990) para Pedro Alecrim, o Prémio António Botto (1996) para A Casa das Bengalas, o Grande Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças e Jovens (2006, categoria Livro Ilustrado) para Se eu fosse muito magrinho.

Em 2008 foi agraciado com a Ordem da Instrução Pública. Em 2013 foi nomeado como candidato ao prémio literário sueco ALMA de 2014.
 

Obras
A maioria das obras de António Mota foram publicadas pela Leya - Gailivro entre outros:
  • A Aldeia Das Flores ,1979
  • As Andanças do Senhor Fortes, 1981
  • O grilo verde, 1985
  • O rapaz de louredo, 1985
  • O rei, o sábio e os ratos, 1987
  • Pardinhas, 1988
  • O rebanho perdeu as asas, 1988
  • Pedro Alecrim , 1989
  • Andarilhos em Baião, 1989
  • Abada de histórias, 1989
  • Ventos da serra, 1989
  • Cortei as tranças, 1990
  • O conde de Monte Cristo, de Alexandre Dumas / adapt, 1990
  • Jaleco, 1991
  • Os sonhadores, 1992
  • A terra do anjo azul, 1994
  • À roda do pão, 1994
  • O lobisomem, 1994
  • A casa das bengalas, 1995
  • David e golias, 1995
  • Sal, sapo, sardinha, 1996
  • Segredos, 1996
  • Os Heróis do 6º F, 1996
  • Sonhos De Natal, 1997
  • O agosto que nunca esqueci, 1998
  • Fora de serviço, 1999
  • Se eu fosse muito alto, 1999
  • O príncipe com cabeça de cavalo, 1999
  • O velho e os pássaros, 2000
  • A galinha medrosa, 2000
  • Romeu e as rosas de gelo, 2000
  • O livro das adivinhas, 2001
  • O livro dos provérbios, 2001
  • O nabo gigante, 2001
  • Onde tudo aconteceu, 2002
  • A galinha medrosa , 2002
  • O galo da velha luciana, 2002
  • Pedro malasartes, 2002
  • Abada de histórias, 2002
  • A gaita maravilhosa, 2002
  • O sapateiro e os anões, 2003
  • Romeu e as rosas de gelo, 2003
  • A princesa e a serpente, 2003
  • Filhos de montepó, 2003
  • Se eu fosse muito magrinho, 2003
  • Maria pandorca, 2004
  • O Sonho De Mariana, 2003
  • O velho e os pássaros, 2004
  • Fábulas de esopo - recontadas por antónio mota, 2004
  • Uma tarde no circo, 2004
  • O livro das adivinhas -2º volume, 2005
  • O livro dos provérbios- 2º volume, 2005
  • Histórias Tradicionais Recontadas Por António Mota, 2005
  • De Barcelos Sei Um Saco De Cantigas, 2006, C.M.Barcelos
  • O coelho branco, 2006
  • A viagem do espanholito, 2006
  • Outros tempos, 2006
  • O livro das lengalengas 1, 2007
  • Se tu visses o que eu vi, 2007
  • Os negócios do macaco, 2007
  • O livro das lengalengas 2, 2008
  • O pombo-correio, 2007
  • Ninguém perguntou por mim, 2008
  • Lá de cima cá de baixo, 2008
  • João mandrião, 2008
  • Lamas de olo, avenida da europa, 2008
  • A rosa e o rapaz do violino, 2009
  • A prenda com rodas, 2009
  • Histórias da pedrinha do sol, 2009
  • A praia dos sonhos, 2010
  • Pinguim, 2010
  • A melhor condutora do mundo , 2010
  • Max e Achebiche uma história muito fixe, 2010
  • Um cavalo no hipermercado, 2011
  • O livro dos trava-línguas 2, 2011
  • O primeiro dia de escola, 2011
  • Os segredos dos dragões, 2011
  • O anel mágico, 2011
  • Histórias às cores, 2012

Prémios e distinções
  • 1983 - Prémio da Associação Portuguesa de Escritores, com O Rapaz de Louredo.
  • 1990 - Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura Infantil com Pedro Alecrim.
  • 1996 - Prémio António Botto, com A Casa das Bengalas.
  • 2004 - Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura Infantil, modalidade ilustração, com Se eu fosse muito magrinho.
  • 2008 - Agraciado com o grau de oficial da Ordem da Instrução Pública.
 
Fonte: Wikipédia

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Vida e Obra de António Mota
 

quinta-feira, 21 de novembro de 2013


Concurso de Presépios e Postais de Natal em material reciclado ou da natureza

Para todos os alunos do agrupamento

 
Com a ajuda dos teus colegas de turma, amigos ou da tua família, constrói um Presépio com papel, plástico e tudo aquilo que seria deitado fora ou com materiais da natureza. Põe a tua criatividade e originalidade em ação e começa já a preparar o Natal. Podes também fazer Postais de Natal, que depois de expostos, serão uma mensagem de luz e fraternidade, na nossa Escola.
Entrega os teus trabalhos, na Biblioteca da nossa escola, até ao próximo dia 10 de dezembro, para podermos organizar uma exposição.  Os melhores trabalhos serão premiados e, assim, preparamos o nosso coração para o Natal

Participa! O teu trabalho e interesse são fundamentais!

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Ler Mais, Ler Melhor
 
O Anel Mágico, de António Mota


 
 Livros da vida de António Mota

Encontro com o escritor António Mota



 



segunda-feira, 18 de novembro de 2013

UM LIVRO : A CASA DOS SONHOS
Um livro é uma casa grande, com todos os quartos que quisermos ocupar e que está implantada no lugar do mundo que mais nos convier.
Um livro é um espelho onde nos podemos ver mas com corpo de homem, ou de mulher, de cor negra, ou branca ou aos quadradinhos, com cabelo ruivo ou louro ou de todas as cores.
Um livro é uma fonte de água muito límpida e muito fresca que nos mata a sede à hora que quisermos.
Um livro é uma árvore que nos dá a sombra e nos mostra as raízes diversas que povoam o chão.
Um livro pode ser uma travesseira ou um bálsamo.
Um livro pode ser um despertador mais estridente que os mais sibilantes despertadores.
Um livro pode levar-se para toda a parte - até para a banheira - e, muitas vezes agarra-se à pele de quem o lê e nunca mais na vida é capaz de o esquecer.
Um livro é o ser mais paciente do mundo. Espera por um leitor a vida inteira.
Não lêem livros os desafortunados que nunca tiveram a oportunidade de provar os sabores do sonho, da sabedoria e da vida.
Senhor, tende piedade deles!
António Mota 
 
Exposição de alguns trabalhos de alunos e obras do autor António Mota.
 

 
 
 


 

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Mês Internacional das Bibliotecas Escolares


terça-feira, 22 de outubro de 2013

Formação do Utilizador



Bibliotecas Famosas

terça-feira, 15 de outubro de 2013


Regras Gerais para uma alimentação saudável.

1- Utilizar alimentos de qualidade: limpos e frescos;

2- Tomar sempre o pequeno-almoço;

3- Incluir nas refeições alimentos de todos os sectores da roda dos alimentos, nas proporções por ela sugeridas;

4- Variar o mais possível de alimentos;

5- Não passar mais de 3h e 30m sem comer;

6- Evitar alimentos com muito sal;

7- Evitar alimentos açucarados (bolos, rebuçados, refrigerantes...);

8- Evitar fritos ou ementas com muita gordura;

9- Consumir diariamente leite ou derivados;

10- Comer, pelo menos, 3 peças de fruta por dia;

11- Consumir produtos hortícolas e saladas em abundância;

12- Comer leguminosas (feijão, grão), pelo menos 2 vezes por semana;

13- Consumir diariamente sopa;

14- Preferir pão escuro do tipo saloio ao pão mais branco;

15- Comer peixe pelo menos 4 vezes por semana;

16- Evitar consumir bebidas alcoólicas antes da idade adulta;

17- Beber líquidos em abundância;

18- Comer com calma, mastigando corretamente os alimentos.
"Comida tradicional é comprovadamente saudável e muito saborosa" (Dr. Emílio Peres)

segunda-feira, 14 de outubro de 2013


Comemoração do Dia Mundial da Alimentação

Comemora-se no próximo dia 16 de outubro o Dia Mundial da Alimentação, efeméride que teve início em 1981 e é na atualidade reconhecida em mais de 150 países, como a mais importante data, para alertar e consciencializar, sobre questões globais relacionadas com a nutrição e alimentação.

Para comemorar esse dia, sugerimos-te a leitura deste livro, que podes encontrar na biblioteca:


Sim, é mesmo verdade – tu és aquilo que comes! Tudo o que ingeres afeta o teu organismo, o modo como este funciona, o seu aspeto e o seu bem-estar. Toda a gente precisa das mesmas substâncias básicas que constituem os alimentos, a que chamamos nutrientes. Mas o teu corpo modifica-se em alturas diferentes da tua vida. E, durante a puberdade, ele cresce e transforma-se tão rapidamente que tens necessidades nutritivas especiais. Neste livro, magnificamente ilustrado, encontras inúmeras dicas para uma alimentação equilibrada e saudável.

É fundamental promover, cada vez mais cedo, o desenvolvimento de uma correta educação alimentar de forma a combatermos o flagelo da obesidade infantil.
Por este motivo, teremos ao longo da semana várias atividades:

 - Concurso de adivinhas sobre a alimentação;

 - Palavras cruzadas;

 - Exposição de livros alusivos ao tema;

 - PowerPoint's sobre as regras para uma alimentação saudável e para uma correta utilização da nova roda dos alimentos (alimentação completa, equilibrada e variada);

 - Hora do conto.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013


Outubro - Mês Internacional da Biblioteca Escolar

O Dia da Biblioteca Escolar é celebrado na quarta segunda-feira do mês de outubro. Em 2013 celebra-se o Dia da Biblioteca Escolar no dia 28 de outubro.
Este dia tem como objetivo destacar a importância das bibliotecas escolares na educação, assim como promover o gosto pela leitura.
A data foi comemorada pela primeira vez em outubro de 1999.
As bibliotecas escolares desempenham um papel muito importante nas escolas e são um veículo de transmissão de conhecimento, não apenas através dos livros, mas também das atividades que aqui se desenvolvem.
“Segundo os princípios estabelecidos pela International Association of School Librarianship (IASL), o “Mês Internacional da Biblioteca Escolar” permite aos responsáveis pelas bibliotecas escolares, em todo o mundo, escolher um dia, em outubro, que melhor se adeque à sua situação de forma a celebrar a importância das bibliotecas escolares. O Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares decidiu declarar o dia 28 de outubro como o dia da biblioteca escolar.

Para celebrar a data, a IASL propôs, como habitualmente, um tema aglutinador: 

Biblioteca Escolar: UMA PORTA PARA A VIDA”.






Atividades para o Dia/Mês da Biblioteca Escolar
  • Promover sessões de leitura dos principais livros infantis portugueses;
  • Convidar os alunos a trocarem livros entre si, partilhando os livros que mais gostaram de ler;
  • Visualização de filmes infantis que destaquem a importância da leitura;
  • Visitas guiadas para todos os alunos do 1º e 5º anos;
  • Hora do conto com animadora Micaela Cardoso;
  • Propor a cada aluno a escrita de um pequeno conto infantil, tendo como tema principal a leitura e as bibliotecas escolares.

terça-feira, 8 de outubro de 2013


LISTA DE OBRAS E TEXTOS (disponíveis online)
PARA INICIAÇÃO À EDUCAÇÃO LITERÁRIA

1º ANO
- “Corre, Corre, Cabacinha” in O Menino da Lua e Corre, Corre, Cabacinha de Alice Vieira
·        Livro completo – Cata livros

- Dez Dedos, Dez Segredos (escolher 5 contos) de Maria Alberta Menéres
·        Livro completo - Biblioteca de Livros digitais

2.º ANO
- Uma Flor Chamada Maria de Alves Redol
·        Livro completo - Biblioteca de Livros Digitais

- O Têpluquê e outras histórias de Manuel António Pina
·        Livro completo - Cata livros

- Bichos, Bichinhos e Bicharocos de Sidónio Muralha
·        Livro completo - Cata livros

- Fala Bicho de Violeta Figueiredo
·        Livro completo - Biblioteca de Livros Digitais

3.º ANO
- “Boa sentença”, “O fato novo do Sultão”, “João Pateta” in Contos para a Infância de Guerra Junqueiro
·        Obra digital BN

- A Cor das Vogais (escolher 8 poemas) de Vergílio Alberto Vieira
·        Recensão e dois poemas – Casa da leitura

4.º ANO
- O Beijo da Palavrinha de Mia Couto

·        Livro completo - Cata livros

segunda-feira, 7 de outubro de 2013


Comemoração do Dia da Implantação da República
 
Para assinalar o Dia da Implantação da República, que se comemorou no dia 5 de outubro, a Biblioteca Escolar desenvolveu várias atividades que tiveram como objetivo mostrar a importância  deste dia para a nação.

Os alunos aderiram, com entusiasmo, às atividades propostas pela Biblioteca, nomeadamente o concurso “5 de Outubro – Implantação da República”, que teve como principal objetivo identificar os conhecimentos dos discentes sobre esta comemoração.

No mesmo dia, comemorou-se também o Dia do Professor, com uma exposição dedicada a estes profissionais da educação. Os alunos participaram nesta “homenagem” simbólica, com mensagens para os professores.

A equipa da Biblioteca agradece a participação de todos os alunos.
 

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Dia do Professor

5 de outubro
Dia do Professor
 


“Homenagem aos professores
Em nome de todos os alunos do mundo, queremos agradecer todo o amor com que trataram até hoje a educação. Muitos de vocês passaram os melhores anos da vossa vida, alguns até adoeceram, nessa árdua tarefa.

O sistema social não vos valoriza na proporção da vossa grandeza, mas tenham a certeza de que, sem vocês, a sociedade não tem horizonte, as nossas noites não têm estrelas, a nossa alma não tem saúde, a nossa emoção não tem alegria.

Agradecemos o vosso amor, sabedoria, lágrimas, criatividade e perspicácia, dentro e fora da sala de aula. O mundo pode não vos aplaudir, mas o conhecimento mais lúcido da ciência tem de reconhecer que vocês são os profissionais mais importantes da sociedade.” (Augusto Cury, Pais Brilhantes, Professores Fascinantes pp 168/169)

 
"Educar é semear com sabedoria e colher com paciência." (Augusto Cury)
"Ser impaciente é desistir de educar." (Augusto Cury)
 
"SER PROFESSOR"
Pelo sonho é que vamos,
comovidos e mudos.
Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não haja frutos,
pelo sonho é que vamos.
Basta a fé no que temos.
Basta a esperança naquilo
que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
com a mesma alegria,
ao que desconhecemos
e ao que é do dia a dia.
Chegamos? Não chegamos?
Partimos. Vamos. Somos.
Sebastião da Gama