segunda-feira, 18 de março de 2013


ENCONTRO COM O ESCRITOR E ILUSTRADOR
PEDRO SEROMENHO



No passado dia 15 de março, os alunos do 1º. e 2º. Ciclos tiveram a oportunidade de participar num encontro com o escritor Pedro Seromenho, tendo dinamizado duas sessões de animação da leitura e de apresentação da sua Obra.
            Este jovem escritor tem um percurso caricato: licenciou-se em economia, mas sentia que não era feliz na sua profissão. Um dia, decidiu dedicar-se a fazer o que realmente gostava e tinha paixão: a escrita e a ilustração.
Tem percorrido muitas escolas, bibliotecas pelo país, criou o seu projeto editorial: A Paleta de Letras. O seu exemplo de vida mostra-nos, que nem tudo é fácil e que é preciso persistência para conquistarmos os nossos sonhos.
Foi uma sessão agradável e descontraída, onde se falou de livros. Estes servem, sobretudo, para termos prazer e para nos divertirmos. Mas também para sonhar e viajar. E foi o que aconteceu.
            O Escritor e Ilustrador deliciou todos quantos o ouviram com as suas histórias e com as suas ilustrações, que nos levaram numa maravilhosa viagem pelo mundo encantado dos sonhos e da imaginação. Os seus livros mais mágicos nascem de ideias simples. “Porque é que os animais não conduzem?” Segundo nos explicou o escritor, a ideia base para esta história foi fazer uma lista com animais que o autor conhecia e, do outro, uma lista com os defeitos das pessoas a conduzir. Mas porque é que os animais não conduzem? Se calhar é porque não têm carta de condução… Aqui fica o conselho: Não faças como os animais, aprende as regras e os sinais!!!
Os alunos viajaram ainda por outros mundos fantásticos e muito divertidos. E que dizer de “Maria Botelha, a garrafa aventureira”; “O Palhaço Avaria e o Planeta Bateria”; “Felismina Cartolina e João Papelão” e “Chico Fantástico, Super Herói de Plástico? ” São os quatro livros que compõem a coleção Reciclomania. Um livro azul, um verde, um amarelo e outro vermelho são afinal as cores dos ecopontos. Afinal, é bom termos a mania de reciclar! A magia desta aventura por quatro mundos de reciclagem é ilustrada por quatro ilustradores, que contam a viagem à sua maneira. O livro azul é uma história de paixão entre a Felismina Cartolina e o João Papelão. É uma paródia ao Romeu e Julieta, mas com um final feliz. A história do livro amarelo passa-se na Poliméria onde vivem os Polímeros, os plásticos. Neste reino fantástico, as árvores dão frutos em sacos de plástico, as vacas dão leite em pacotes e até as galinhas põem ovos de plástico. O livro verde conta a história de uma garrafa, que de tão aventureira que é, decide mergulhar no rio e viajar até ao mar, mas tinha um problema… é que não sabia nadar! Mas alguém vai salvar esta garrafa, pois ela vai entrar no mundo da reciclagem. O último livro que é o vermelho, o das pilhas, leva-nos até ao espaço onde encontramos as coisas mais estranhas: elefantes com trombas que são aspiradores.
Depois o autor falou-nos do seu romance juvenil “900, História de um Rei ” que ele queria que fosse uma aventura que pudesse transportar o leitor até há 900 anos atrás, aos tempos medievais. Neste livro, vamos cavalgando de batalha em batalha e reconstruindo a História de Portugal.
A grande oportunidade de escrita surgiu, há sete anos atrás, com “ A Nascente de Tinta”. É o livro que tem mais simbolismo, é o mais mágico e também o mais autobiográfico. O Gonçalo, protagonista desta história é o Pedro, o escritor, quando era pequeno, com os seus medos e os seus sonhos. A história começa com um rapaz que tem um  avô que é pescador e, um dia, lhe traz um búzio. Este búzio transforma-se num mundo secreto. Depois do sucesso do livro “A Nascente de Tinta, o autor referiu o mundo do sonho e da imaginação com “O Reino do Silêncio”.
Pedro Seromenho apresentou-nos o seu mais recente projeto: “A Grande Fábrica de Palavras”, publicado pela editora do autor, a Paleta de Letras. Os alunos viajaram por um país onde as pessoas apenas falavam após engolirem as palavras que queriam dizer. Onde um menino pobre estava apaixonado, mas por não poder comprar essas palavras, era ultrapassado pelo seu rival que, com todo o seu dinheiro enchia a sua amada de lindas palavras. Mas, tal como acontece em todas as histórias, no final os dois ficaram apaixonados e felizes.
Ao longo da sessão, o autor falou-nos também da sua outra grande paixão que é ilustrar. Era um sonho de criança “ Quando for grande, quero ser pinteiro!”-dizia, mas que não se concretizou de imediato. Lembrou que nada se faz só com inspiração e que é preciso muito esforço e dedicação para alcançarmos os nossos sonhos.
O diálogo fácil que naturalmente se estabeleceu com os alunos foi muito animado e esclarecedor. O mais surpreendente, porém, foi ver nascer, ao vivo, a ilustração de "A Nascente de Tinta".
Ficámos com a recordação das suas ilustrações, para podermos navegar em mais uma aventura, porque através da imaginação podemos chegar onde nós quisermos...
Houve ainda lugar para as perguntas e curiosidades que, entre admiração e sorrisos, pareciam não ter fim.
No final, a sessão de autógrafos e dedicatórias não poderia deixar de ser, como o resto, única e original.
No final do encontro, deixou-nos de recordação pequenas ilustrações nas capas dos seus livros, que guardaremos com carinho nas nossas estantes, ansiando pelo dia em que teremos a oportunidade de o reencontrar.
Ficaram com vontade de espreitar os seus livros? A Biblioteca Escolar dispõe, no seu fundo documental, de todas as obras do escritor!
Passem por lá e BOAS LEITURAS!
Foi um dia especial porque ficamos a conhecer o autor dos livros, que nas últimas semanas nos acompanharam em maravilhosas aventuras.
Foi um encontro inesquecível e cheio de magia!
No fim todos ficaram com vontade de mais...
Aqui ficam as fotos de uma manhã muito bem passada com o escritor Pedro Seromenho.

 



Sem comentários:

Enviar um comentário