segunda-feira, 5 de maio de 2014

FELIZ "Dia da Mãe" - 4 de maio


Origem deste dia
    O Dia das Mães, também designado de Dia da Mãe, teve a sua origem no princípio do século XX, quando uma jovem norte-americana, Anna Jarvis, perdeu a sua mãe e entrou em completa depressão. Preocupadas com aquele sofrimento, algumas amigas tiveram a ideia de perpetuar a memória da mãe de Anna  com uma festa. Esta quis que a homenagem fosse estendida a todas as mães, vivas ou mortas. Em pouco tempo, a comemoração e consequentemente o Dia das Mães  alastrou-se por todos os Estados Unidos e, em 1914, a sua data foi oficializada pelo presidente Thomas  Woodrow  Wilson, para o  dia  9 de maio.  Em Portugal comemora-se no 1º domingo de maio.

    Para comemorar o Dia da Mãe, fortalecer os laços familiares e consciencializar para o valor da família na sociedade, a professora da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica, Ana Paula Pereira, solicitou aos alunos que elaborassem bonitos poemas, alusivos à data, para todas as Mães do Agrupamento.
    Estes trabalhos foram expostos na biblioteca.

    Os alunos visionaram PowerPoint com poemas, mensagens para o Dia da Mãe.
Assistiram, também, à apresentação digital de várias obras, como: Grávida no Coração, de Paula Pinto da Silva, como homenagem às Mães.

Visite este site, tem histórias sobre o dia da mãe. 

    Ficam aqui algumas histórias para que possam ler, ver e ouvir!


    Neste livro encantador os estados de espírito e os sentimentos de uma mãe são vistos através dos olhos do seu filho. Uma homenagem a todas as mães, acompanhada de ilustrações enternecedoras que cativarão os mais jovens.


A MÃE E EU, de Maria Teresa Maia Gonzalez
Tudo o que um dia pensámos sobre a nossa mãe, mas que talvez não lhe tenhamos dito.
Estruturado em pequenas frases de grandes significados e repletas de carinho, com ilustrações tão deliciosas como o próprio livro, é excelente para explorar com os mais pequeninos, mas também para fazer uma mãe feliz.
"Quando estamos tristes e não conseguimos adormecer, a mãe vem cantar uma canção baixinho…"

Sem comentários:

Enviar um comentário